50% de Terreno 300 m² - Jaú - SP - J15407

50% de Terreno 300 m² - Jaú - SP
Este leilão foi finalizado.
Veja outros Leilão de Imóveis ou Leilão de Terrenos e Lotes disponíveis.
FINALIZADO
2a Praça
  • Leilão Judicial
  • Leilão:
    ML06862
  • Lance inicial:
    R$ 30.948,62
  • Último lance:
    R$ 0,00
  • Incremento:
    R$ 1.000,00
  • Localização:
    Jaú, SP
  • Inicio:
    21/09/2017 às 10:00
  • Término:
    16/10/2017 às 10:00
  • 600 0
Localização Avenida Jango Moraes, Jaú, SP
Vara 5ª Vara Cível do Foro da Comarca de São Caetano do Sul/SP
Fórum 5ª Vara Cível do Foro da Comarca de São Caetano do Sul/SP
Número do processo 3006333-17.2013.8.26.0565
Autor TCB CALÇADOS E ACESSÓRIOS LTDA EPP
Réu MORELLI & SICHIERI LTDA ME
Descrição
Parte Ideal (50%) que a executada possui sobre o Imóvel objeto da Matrícula nº 20.519 do 1º Cartório do Registro de Imóveis da Comarca de Jaú/SP - IMÓVEL: Terreno Urbano, situado casta cidade, à Avenida Jango Moraes lado par, distante 11,00 metros da Rua João Manoel Caseiro, lado ímpar, medindo 10,00 metros de frente por 30,00 metros da frente aos fundos, encerrando 300,00 m2, confrontando pelos lados com terrenos de Antonio Prado Lyra e nos fundos com Augusto Hernandez. Consta na Av.4 desta matrícula que nos autos da Ação Trabalhista, Processo nº 0014212-76.2012.8.26.0302, em trâmite na 3ª Vara Cível da Comarca de Jaú/SP, movida por BANCO BRADESCO S/A contra LAÉRCIO APARECIDO MORELLI, foi penhorado o imóvel objeto desta matrícula, sendo nomeado depositário o executado. Consta na Av.5 desta matrícula que nos autos da Ação Trabalhista, Processo nº 0000525-95.2013.8.26.0302, em trâmite na 3ª Vara Cível da Comarca de Jaú/SP, movida por BANCO BRADESCO S/A contra LAÉRCIO APARECIDO MORELLI, foi penhorada uma parte ideal correspondente a 50% do imóvel objeto da presente matrícula, sendo nomeado depositário o executado. Consta na Av.6 desta matrícula que nos autos da Ação de Execução Trabalhista, Processo nº 0010242-16.2014.5.15.0024, em trâmite na 2ª Vara do Trabalho de Jaú/SP-TRT 15ª Região, movida por CARLOS DONIZETE GEA contra LAÉRCIO APARECIDO MORELLI, foi penhorado o imóvel objeto da presente matrícula, sendo nomeado depositário o executado. Consta na Av.7 desta matrícula que nos autos da Ação de Execução Trabalhista, Processo nº 0010171-48.2013.5.15.0024, em trâmite na 2ª Vara do Trabalho de Jaú/SP-TRT 15ª Região, movida por MARIA ELISABETE MAION contra LAÉRCIO APARECIDO MORELLI, foi penhorado o imóvel objeto da presente matrícula, sendo nomeado depositário o executado. Consta na Av.8 desta matrícula que nos autos da Ação de Execução Trabalhista, Processo nº 0010501-11.2014.5.15.0024, em trâmite na 2ª Vara do Trabalho de Jaú/SP-TRT 15ª Região, movida por KARINA GERALDI contra LAÉRCIO APARECIDO MORELLI, foi penhorado o imóvel objeto da presente matrícula, sendo nomeado depositário o executado. Consta na Av.9 desta matrícula que nos autos da Ação de Execução Trabalhista, Processo nº 0010695-11.2014.5.15.0024, em trâmite na 1ª Vara do Trabalho de Jaú/SP-TRT 15ª Região, movida por ORIVALDO BENEDITO ROQUE contra LAÉRCIO APARECIDO MORELLI, foi penhorado o imóvel objeto da presente matrícula, sendo nomeado depositário o executado. Consta na Av.10 desta matrícula a penhora exequenda sobre uma parte ideal correspondente a 50% do imóvel desta matrícula, sendo nomeada depositária a executada. Consta na Av.11 desta matrícula que nos autos da Ação de Execução Civil, Processo nº 0016697-4920128260302, em trâmite na 3ª Vara Cível da Comarca de Jaú/SP, movida por LIVORNO FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS NÃO PADRONIZADOS contra ROSÂNGELA SICHIERI MORELLI, foi penhorada uma parte ideal correspondente a 50% do imóvel objeto da presente matrícula, sendo nomeada depositária a executada. Contribuinte nº 06.4.18.22.0161.

Valor da Avaliação: R$ 61.897,25 BRL (Sessenta e um mil, oitocentos e noventa e sete reais e vinte e cinco centavos) em 10/2017, que será atualizado até a data da alienação conforme tabela de atualização monetária do TJ/SP.

A descrição dos lotes é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. Os bens serão vendidos no estado em que se encontram. Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.

Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.
UsuárioAutomático PlacaCriado em Valor do lance ComissãoTotal
Nenhum resultado encontrado.
DescriçãoUsuárioCriado em
Nenhum resultado encontrado.