Parte Ideal de Apartamento 55 m² - Boqueirão - Santos - SP - J28949

EM BREVE
1a Praça
  • Leilão Judicial
  • Leilão:
    ML10056
  • Lance inicial:
    R$ 190.038,29
  • Último lance:
    R$ 0,00
  • Incremento:
    R$ 2.000,00
  • Localização:
    Santos, SP
  • Inicio:
    24/01/2019 às 10:00:00
  • Término:
    29/01/2019 às 10:00:00
  • 3357 0
LEILÃO INICIA EM:
Localização Rua Governador Pedro de Toledo, 14, Boqueirão, Santos, SP
Vara 9ª Vara Cível do Foro da Comarca de Santos/SP
Fórum 9ª Vara Cível do Foro da Comarca de Santos/SP
Número do processo 0041135-72.2011.8.26.0562 (562.01.2011.041135) Controle nº: 1562/2011
Autor ESPÓLIO DE CARLOS SOARES MARTINS representando por SELMA MARIA MAZZAFERA MARTINS
Réu RODRIGO HADDY PENNA GUERREIRO
Descrição
PARTE IDEAL (50%) QUE O EXECUTADO POSSUI SOBRE O IMÓVEL DA MATRÍCULA Nº 71.835 DO 2º CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS DA COMARCA DE SANTOS/SP - IMÓVEL: Apartamento nº 14, localizado no 1º andar do “Edifício Maria Sylvia”, situado à Rua Governador Pedro de Toledo, nº 33, integrante do Condomínio Residencial Edifícios Maria Sylvia e Maria Virginia – localizado nos fundos do bloco, do lado direito, de quem da Rua Governador Pedro de Toledo, olha para o prédio, confronta pela frente com a escadaria, do lado direito com a área livre de recuo lateral do prédio, do lado esquerdo com o apartamento de final 3 e nos fundos com a área destinada ao playground. Possui a área bruta de 86,75m2, sendo 55,32m2 de área útil e 31,43m2 de área comum, incluindo garagem, correspondendo uma fração ideal equivalente a 0,0110755% do terreno do condomínio e demais coisas de uso comum à todos os condôminos, contendo: living, um dormitório, terraços, banheiro, cozinha, área de serviço e W.C de empregada. Ao apartamento cabe o direito ao uso de uma vaga indeterminada, sujeita a manobras, na garagem coletiva dos edifícios. Consta na Av.11 desta matrícula que nos autos da Ação de Execução de Título Extrajudicial, Processo nº 1006385-85.2015.8.26.0562, em trâmite na 8ª Vara Cível do Foro da Comarca de Santos/SP, requerida por ALESSANDRA AP CABELEREIROS ME contra RODRIGO HADDY PENNA GUERREIRO, foi arrestado parte ideal (50%) do imóvel objeto desta matrícula. Consta na Av.12 desta matrícula a penhora exequenda da parte ideal (50%) do imóvel objeto desta matrícula, sendo nomeado depositário o executado. Consta no R.13 desta matrícula que os proprietários RODRIGO HADDY PENNA GUERREIRO e ANNA KARINA TAVARES MARTINS por instrumento particular comprometeram vender o imóvel desta matrícula a ULYSSES RODRIGUES ALVES JUNIOR. Consta na Av.14 desta matrícula que nos autos da Ação de Execução Trabalhista, Processo nº 1001918-13.2016.5.02.0444, em trâmite na 4ª Vara do Trabalho do Foro da Comarca de Santos/SP, requerida por LAIS HELENA OLIVEIRA DOS SANTOS contra RODRIGO HADDY PENNA GUERREIRO E OUTRO, foi penhorado o imóvel objeto desta matrícula, sendo nomeado depositário RODRIGO HADDY PENNA GUERREIRO. Consta na Av.15 desta matrícula que nos autos do Processo nº 10000275120165020444, em trâmite na 5ª Vara do Trabalho do Foro da Comarca de Santos/SP, foi decretada a indisponibilidade de todos os bens de RODRIGO HADDY PENNA GUERREIRO. Consta na Av.16 desta matrícula que nos autos da Ação de Execução Trabalhista, Processo nº 1000065-32.2017.5.02.0444, em trâmite na 4ª Vara do Trabalho do Foro da Comarca de Santos/SP, requerida por SUELEN DIAS ROEDEL contra RODRIGO HADDY PENNA GUERREIRO, foi penhorado a parte ideal (50%) do imóvel objeto desta matrícula, sendo nomeado depositário o executado. Contribuinte nº 66.043.016.004 (Conf. Av.01). Consta no site da Prefeitura de Santos/SP débitos inscritos na Dívida Ativa no valor de R$ 8.368,74 e débitos de IPTU para o exercício atual no valor de R$ 1.917,37 (16/08/2018). Débito desta ação no valor de R$ 69.479,75 (julho/2018).
Valor de Avaliação: R$ 190.038,29 (Cento e noventa mil, trinta e oito reais e vinte e nove centavos) em 1/2019, que será atualizado até a data da alienação conforme tabela de atualização monetária do TJ/SP.

A descrição dos lotes é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. Os bens serão vendidos no estado em que se encontram. Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.

Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.
UsuárioAutomático PlacaCriado em Valor do lance ComissãoTotal
Nenhum resultado encontrado.
DescriçãoUsuárioCriado em
Nenhum resultado encontrado.