Nua Propriedade de Apartamento 367 m² - Jardim Paulistano - São Paulo - SP - J28504

ABERTO PARA LANCES
2a Praça
  • Leilão Judicial
  • Leilão:
    ML09962
  • Lance inicial:
    R$ 3.843.878,16
  • Último lance:
    R$ 0,00
  • Incremento:
    R$ 10.000,00
  • Localização:
    São Paulo, SP
  • Inicio:
    17/12/2018 às 15:00:00
  • Término:
    29/01/2019 às 15:00:00
  • 4689 0
APROVEITE E DE SEU LANCE. TERMINA EM:
Localização Rua Professor Artur Ramos, 339, Jardim Paulistano, São Paulo, SP
Vara 4ª Vara Cível do Foro Central da Capital/SP
Fórum 4ª Vara Cível do Foro Central da Capital/SP
Número do processo 1006765-68.2017.8.26.0100 () Controle nº: 144/2017
Autor CONDOMÍNIO EDIFÍCIO PALAZZO REALE
Réu RENATA AMORIM CICOLO e outro
Descrição
A NUA PROPRIEDADE DO IMÓVEL DA MATRÍCULA Nº 74.056 DO 13º CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS DE SÃO PAULO/SP - IMÓVEL: Unidade Autônoma: Apartamento nº 61, localizado no 3º pavimento – tipo ou 6º andar do “Edifício Palazzo Reale”, à Rua Professor Artur Ramos nº 339, no 20º Subdistrito (Jardim América) desta Capital, contendo a área útil de 367,030m2, a área comum real de garagem de 124,400m2, correspondente a cinco vagas indeterminadas, a área comum real de 211,855m2 (nela incluída a área correspondente a um depósito individual), perfazendo a área total real de 703,285m2, correspondendo-lhe uma fração ideal de terreno de 4,0633%. Consta na AV.5 desta matrícula que nos autos da Execução Civil, ordem nº 1047094-64.2013.8.26.0100, em trâmite na 10ª Vara Cível do Foro Central da Capital/SP, requerida por NILTON TOLIO JUNIOR contra RPM TRADING COM. IMP. EXP. LTDA e outros, foi penhorada a parte ideal (50%) da Nua Propriedade do imóvel objeto desta matrícula, sendo nomeada depositária RENATA AMORIM CICOLO. Consta na AV.6 desta matrícula que nos autos do Procedimento Ordinário – Título de Crédito, nº 0188957-30.2010.8.26.0100, em trâmite na 33ª Vara Cível do Foro Central da Capital/SP, requerida por BULK TRADING S/A contra RENATA AMORIM CICOLO, foi penhorada a parte ideal (50%) da Nua Propriedade do imóvel objeto desta matrícula. Consta na AV.7 desta matrícula a indisponibilidade dos bens de MARCELO ALBERTONI, extraído do processo nº 04698003620005090661 da Vara do Trabalho de Maringá/PR, TRT da 9ª Região, TST. Consta na AV.9 e AV.10 desta matrícula a indisponibilidade dos bens de RENATA AMORIM CICOLO, extraído do processo nº 00012306520145120022, da Vara do Trabalho de Itajaí/SC, TRT da 12ª Região. Consta na AV.11 desta matrícula a distribuição da ação exequenda. Consta na AV.14 desta matrícula a indisponibilidade dos bens de MARCELO ALBERTONI, extraído do processo nº 008041999662090009, da 4ª Vara do Trabalho de Maringá/PR, TRT da 9ª Região. Consta na AV.15 desta matrícula que nos autos da Execução Trabalhista, ordem nº 22142015, em trâmite na 67ª Vara do Trabalho da Capital/SP, requerida por ADIR DOS SANTOS SAMPAIO contra MARCELO ALBERTONI, foi penhorada a Nua Propriedade do imóvel objeto desta matrícula, sendo nomeado depositário o executado. Contribuinte nº 083.206.0140-1. Consta no site da Prefeitura de São Paulo/SP, débitos na Dívida Ativa no valor de R$ 539.023,55 e débitos de IPTU para o exercício atual no valor de R$ 47.984,52 (06/11/2018).
Débitos desta ação no valor de R$ 94.945,86 (novembro/2018). Conta débitos na ação de Execução de Título Extrajudicial, processo nº 1067101-38.2017.8.26.0100, em trâmite na 4ª Vara Cível do Foro Central da Capital/SP, no valor de R$ 371.370,17 (novembro/2018). Cumpre informar que há determinação judicial suspendendo eventual expedição de carta de arrematação até julgamento definitivo do Agravo de Instrumento Interposto.
Valor de Avaliação: R$ 6.406.463,60 (Seis milhões, quatrocentos e seis mil, quatrocentos e sessenta e três reais e sessenta centavos) em 1/2019, que será atualizado até a data da alienação conforme tabela de atualização monetária do TJ/SP.

A descrição dos lotes é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios, comitente ou outro órgão responsável. Os bens serão vendidos no estado em que se encontram. Reservamo-nos o direito de corrigir possíveis erros de digitação.

Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.
UsuárioAutomático PlacaCriado em Valor do lance ComissãoTotal
Nenhum resultado encontrado.
DescriçãoUsuárioCriado em
Nenhum resultado encontrado.